quarta-feira, 11 de março de 2009

Sol de Inverno


Agora que o sol despertou, o Alexandre mostra-se com muita vontade de ir brincar na praia, ver o mar, mexer na areia.
Segundo ele:
- Não podemos ir à praia porque é Inverno, quando estivermos no Verão podemos ir ao mar.
Assim, levei-o a ver o mar este Domingo, o que ele riu e brincou encheu-se de areia, esfregou-se no chão, tinha a felicidade estampada no rosto.
Na volta, cruzou-se com uma Beatriz de ano e meio e foi um espectáculo vê-lo espojar-se no chão a mostrar os seus dotes de bailarino, ou seria de ginasta, não sei bem porque ele dizia:
- Meninos, para cima, para baixo, agora rodar, perna no ar. - E enquanto isso fazia as suas gracinhas para impressionar a sua mais nova amiga.
Quando ela saiu do carrinho e se dirigiu a ele, fugiu envergonhado, mas depressa lhe passou a vergonha e no fim já chorava por ter de se vir embora, depois de muitos beijinhos e abraços à conquista de fim de tarde de Domingo.

6 comentários:

num relance disse...

belo, o teu puto é um descobridor da poesia da vida :-))

posso fazer uma (pequena) sugestão?! posso? vou admitir que sim, se não gostares manda a sugestão à fava, que ela agradece :-)

a sugestão: experimenta tirar fotografias ao filhote do _ponto_de_vista_ do filhote, ou seja, se reparares, as imagens, pelo menos esta e a anterior, estão do ponto de vista do adulto, de cima para baixo; experimenta flectir as pernas pelos joelhos de modo a que a máquina passe a ficar ao nível dos olhos do teu filho; dessa posição, experimenta tirar a fotografia: passas a ver pelo nível do olhar do teu filho e o mundo vai parecer mais aberto e cheio do que o teu filho vê; se experimentares diz-me se gostaste do resultado :-)

Gata2000 disse...

num relance - obrigado pela sugestão! já o fiz, aliás costumo tirar-lhe as fotos sempre de joelhos, mas como não quero pôr a carinha dele exposta na net, as fotografias que aqui boto são sempre de longe. Acho que é muito importante saber o que ele vê, tentar perceber como se sente perante a grandeza do mundo, da vida. Tenho a sorte de ter um pediatra fantástico que me dá esses conselhos.

Who Am I disse...

É que és mesmo

M A R A V I L H O S A!

Adoro crianças,adoro ver esse amor...

Esse sim, é o AMOR.

beijinho

Gata2000 disse...

Who i am - Obrigado. Sim o meu pirralhito é a minha grande paixão, o amor da minha vida, a minha razão de viver. Parecem grandes clichés, mas são a mais pura das verdades. E sejas bem vinda ao blog do meu menino d'oiro!

Who Am I disse...

Eu já devia era ter chegado aqui à muito :))

Gata2000 disse...

Nunca é tarde!