segunda-feira, 16 de março de 2009

Limão


Em casa dos bisas no Domingo, assim que abriu a porta e me viu disse, com um limão na mão:
- Toma, para fazer chá, fui eu que fui buscar, ali - disse apontando para a àrvore.

Este fim de semana ficou com a avó paterna, foi ver o mar e a praia mas muito de longe e jantou com o padrinho de quem tinha já muitas saudades. Mas saudades tenho eu dele, sempre que fica longe de mim.
Sinto falta da minha gralha no banco de trás no carro, dos gritinhos estridentes que dá quando está contente, das gracinhas de se atirar para o chão e rebolar, dos choros quando a vida não lhe corre de feição, dos abraços para me engraxar ou apenas porque gosta de me mimar. A vida com ele do meu lado é tão mais suportável.

2 comentários:

Who Am I disse...

:) Aqui estou eu "em cima" do vosso amor. :)

E fizeste o chá?

beijinho

Gata2000 disse...

Who - depois da estafa de andar de casa dos bisas para a fonte da telha atrás do padrinho, de jantar, de voltar para casa de lhe lavar os dentes, pô-lo a fazer xixi, vestir-lhe o pijama e rezar para que a tosse não o acordásse, dei com o limão na minha mala hoje de manhã quando estava a tirar a carteira para fora antes de pagar o pequeno almoço!